fbpx

Como Reduzir Custos e Manter seu Restaurante Funcionando na Crise

restaurantePor Isabela Ramos

O avanço da pandemia da COVID-19 no Brasil tem exigido que uma série de medidas de controle sejam adotadas. Dentre elas, pode-se destacar a redução da circulação de pessoas em diversas cidades brasileiras. Como consequência, houve uma queda muito grande no faturamento do setor de alimentação fora do lar. Bares e restaurantes estão entre os mais afetados pela crise decorrente da pandemia, que já infectou mais de 4 milhões de pessoas.

Enquanto alguns questionam se esse é o momento ideal para abrir um negócio, outros buscam formas de inovar na crise. O fato é que medidas podem ser tomadas para amenizar os impactos da instabilidade financeira que estamos vivendo. Além de possibilidades para empresas alimentícias se reinventarem nesse período em que a circulação está limitada, estratégias podem ser tomadas para reduzir os custos de restaurantes. Dessa forma, você consegue amenizar os efeitos da pandemia e  manter seu empreendimento funcionando. Quer conhecer mais sobre como isso pode ser feito? É só continuar a leitura do nosso texto, pois vamos apresentar algumas opções  a seguir.

Controle de estoque

Evitar o desperdício de materiais é uma ótima maneira de reduzir os custos da sua produção. Isso garante que você consiga atender às demandas do mercado e, ao mesmo tempo, não tenha prejuízo com perdas. Para que isso seja possível no seu restaurante, é necessário que se tenha uma gestão de estoque eficiente

Com isso, é possível determinar a data de entrada e de saída dos insumos utilizados e monitorar aqueles que estão acabando ou que estão próximo à data de vencimento. Assim, você não acumula ingredientes desnecessários e, ao mesmo tempo, adquire novas matérias primas no tempo correto. Dessa forma, você pode minimizar desperdícios e programar promoções pensando na queima de estoques!

Além de ajudar a prevenir acúmulos desnecessário e faltas de produtos, gerir o estoque pode auxiliar a organizar a produção. Porém, para que esse controle seja feito de forma eficiente, algumas instruções devem ser seguidas. Separamos algumas dicas para te ajudar a aplicar essa prática no seu restaurante, confira abaixo:

  • Registre a data de entrada e de saída dos materiais e produtos;
  • Sempre consulte seu controle de estoques antes de ir às compras;
  • Atualize os dados com frequência, seja diariamente ou semanalmente, dependendo do tamanho do seu negócio.

Redução de custos de embalagens e ingredientes 

Outra maneira de reduzir os custos do seu restaurante é por meio da escolha adequada de embalagens e de ingredientes. Por isso, conhecer novos fornecedores que podem te oferecer materiais com um preço mais baixo, é uma ótima opção. Além disso, fazer alterações nos insumos utilizados pode ajudar a aumentar o faturamento.

Quando falamos do ramo alimentício, muitas matérias-primas são aplicadas com funções específicas. Os aditivos podem ser utilizados, por exemplo, para alterar textura, estabilidade, cor e até mesmo a vida útil dos produtos. Porém, muitas vezes esses elementos podem ser trocados por outros com função similar e custo mais baixo. Assim,  essas trocas, é possível reduzir o preço de custo do seu produto, sem alterar suas características. Outra prática que pode ser adotada é aproveitar a matéria na sua totalidade. Isso significa utilizar, por exemplo, as propriedades do caule, da casca, da cenoura e de todos os componentes dos legumes. 

As embalagens, por sua vez, desempenham um papel fundamental. Elas exercem função de proteção, de armazenamento, de manutenção das características do produto e afetam a durabilidade. Por isso, escolher a embalagem ideal para seu produto é essencial. É importante lembrar, no entanto, que a embalagem ideal é aquela que garanta o melhor custo-benefício para sua empresa. Sendo assim, optar por novas opções de embalagens e diversificar a lista de fornecedores pode te ajudar a reduzir custos. 

Otimizar para reduzir os custos do restaurante

Um último passo que pode ser adotado é a otimização de processos. Isso pode reduzir o capital e o tempo investidos na sua produção. Por meio da otimização, além de conseguir controlar melhor os processos, é possível identificar os gargalos e atuar sobre eles. Uma das maneiras de tornar isso possível é adotar sistemas de automação e gestão. Assim, é possível agilizar os atendimentos, mensurar os resultados e minimizar os erros, garantindo maior produtividade. 

A otimização também pode ser feita por meio de um estudo de disposição de maquinários, equipamentos e do recurso humano. Definir a posição ideal de cada componente do processo produtivo resulta em menos perdas de tempo com deslocamentos de pessoas e produtos. Isso significa menos capital humano e energia sendo gastos e  mais tempo para investir na fabricação alimentícia. Você também reduz a probabilidade de contaminação dos alimentos e facilita o controle de qualidade, evitando gastos futuros com o descarte de mercadorias que não atendem ao padrão de qualidade. É possível perceber, então, que otimizar seu restaurante é uma maneira de reduzir os custos e aumentar o faturamento.

É inegável que a instabilidade gerada pelo avanço da pandemia que estamos vivendo exige medidas de adaptação para os negócios.  Adotar  estratégias como as listadas acima pode te ajudar a reduzir os custos de restaurantes. Colocando em prática algumas delas, você pode garantir um aumento do seu faturamento, de forma que seja possível manter seu empreendimento aberto. 

Otimizar o processo produtivo, gerir estoques e reduzir custos de embalagens e ingredientes são algumas formas de tornar isso possível. Porém, para que elas sejam implementadas de forma eficaz, é necessário o  acompanhamento de uma consultoria especializada no ramo alimentício. Quer saber mais como isso pode ser feito? Entre em contato com a gente, e vamos criar uma solução personalizada para reduzir os custos do seu restaurante! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *