fbpx

Como um Planejamento Industrial Pode Te Ajudar a Abrir uma Fábrica de Sucesso

planejamento industrialPor Luiz Vieira –

O Brasil é reconhecido, internacionalmente, por ser uma nação de empreendedores, porém de 2014 a 2018 o PIB industrial brasileiro apresentou queda de 14,4%. Quando um empreendedor inicia uma nova produção, a noção de sucesso é clara: aumentar os ganhos e ter um negócio longínquo. Porém, qual o primeiro passo que deve ser feito, para alcançar esses objetivos o mais rápido possível? A resposta para essa pergunta é o Planejamento Industrial.

Planejar auxilia na construção de um processo produtivo que não sofra com mal dimensionamento dos equipamentos e normas de fabricação. Além da análise financeira para entender a viabilidade de iniciar a produção e um estudo sobre a logística de produção. Logo, fazer um bom planejamento de qualquer nova fabricação é essencial para ter êxito no seu negócio.

Este artigo, busca trazer pontos que são importantes de realizar para que o Planejamento Industrial leve você ao sucesso. Ou seja, diminuir o impacto de diversas dificuldades que surgem na produção. Alguns exemplos são a alta geração de resíduos, baixa eficiência, falta de matéria prima, entre outros relacionados a gestão industrial.

Entendimento do Processo Produtivo

A primeira fase é entender sobre o processo produtivo do produto, pois é a partir desses insumos que todo o projeto se baseia. Por exemplo, a fabricação de pães de forma é diferente da fabricação de bolos, precisando de equipamentos diferentes. Além disso, muitos outros fatores variam de acordo com o processo produtivo, como os fornecedores, os clientes, a vazão de produção, a sazonalidade, entre outros.

Por outro lado, não existe um caminho único para a produção de determinado produto. Logo, também é necessário atentar-se a qual o estado de processamento da matéria prima, formas e condições do produto final. Além da escala de produção, ambiente de produção, entre outros fatores.

Estudo de Normas para a Produção

Tendo entendimento completo do processo produtivo, é importante entender sobre a legislação que rege tanto o processo, quanto o produto. Isso garante que a produção ocorra de maneira adequada e seja legítima em relação aos órgãos de fiscalização. Dessa forma, deve-se buscar pelas regulamentações vigentes e realizar as adaptações necessárias, sejam elas no espaço físico ou na produção.

Método de Produção e Dimensionamento do Maquinário

O próximo passo é realizar a escolha do método de produção. Há vários produtos que, como citado acima, possuem mais de um “caminho” para sua produção. Um exemplo é a produção de açaí em pó, em que há métodos diferentes para a secagem do açaí. Ou seja, deve ser escolhido qual será a melhor maneira de produzir, levando em conta o produto final desejado.

Com o método já escolhido, é necessário fazer o dimensionamento dos equipamentos. Para esta etapa é extremamente necessário saber qual o volume de produção desejado e levar em conta os estudos anteriores. Além disso, pode ser necessário ter noção sobre o tamanho do local de produção, afinal as dimensões também dependem disto.

Estudo de Embalagens

Uma etapa comumente esquecida é a de embalagens. Esse etapa é crucial para garantir que o produto final tenha uma boa duração e sua qualidade preservada. Para executá-la da melhor forma possível, é necessário analisar os fatores de degradação do produto, objetificando tomar contra-medidas no embalamento.

Independente do produto fabricado, é necessário que o mesmo seja embalado e se conserve até chegar às mão do consumidor. A escolha da embalagem é essencial, mas no planejamento industrial, o mais importante é saber quais cuidados tomar. Por isso, não deve ser uma etapa negligenciada, principalmente por ser uma etapa comum a todos os processos produtivos.

Um exemplo é a indústria de cervejas e chopes, em que a primeira sofre um processo chamado de pasteurização. Esse processo consiste em retardar a ação de microorganismos através da inativação ou eliminação pela temperatura. Enquanto o chopp não passa por esse processo, sendo vendido de uma maneira mais “fresca” que a cerveja. Porém, com maiores riscos de contaminação e por isso, é necessário certos cuidados no envase do mesmo.

Análise financeira 

Após realizar todos esses estudos e levantamentos, é necessário analisar a viabilidade econômica dessa produção. Essa é uma etapa essencial para o sucesso de um Planejamento Industrial, afinal aqui conseguimos prever custos e ganhos. Deve-se levar em consideração o custo energético dos maquinários, a mão de obra e gastos relacionados a matérias primas. 

Além disso, levantar a margem de preço do produto e a porcentagem de lucro desejada. Assim, fazendo o levantamento dos custos totais de produção e, consequentemente, de lucros. Levando também em conta o investimento inicial, é possível analisar a viabilidade de iniciar ou não a produção.

Como montar um Planejamento Industrial de Sucesso?

Realizar um Planejamento Industrial não é fácil, pois depende de inúmeras variáveis e de conhecimentos técnicos e econômicos. Por isso, deve-se ter toda a cautela possível para não atropelar etapas e conseguir fazer estudos profundos e completos. Além disso, é importante buscar informações em fontes confiáveis, o que acaba esbarrando em uma grande dificuldade. As informações encontradas com facilidade, muitas vezes não são personalizadas para a sua produção e suas características.

Por isso recomendamos a contratação de uma consultoria especializada para te auxiliar na confecção do Planejamento Industrial. Ter uma consultoria especializada ao seu lado, com certeza fará com que suas chances de sucesso aumentem. Por isso, caso tenha alguma dúvida, ou necessite de ajuda, contate um de nossos consultores, eles estarão dispostos para te atender.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *