fbpx

Entenda como ajudamos nossa cliente a aumentar a vida útil dos seus cookies e brownies e abrir sua fábrica.

brownie e cookies

Os cookies e brownies são doces de origem americana. Apesar de sua vinda do exterior, estão se tornando cada vez mais populares entre os brasileiros. Assim, eles podem ser encontrados tanto industrializados, comercializados pelas grandes marcas, ou artesanais, feita por confeiteiros.

Atualmente, tanto os cookies, como os brownies já ganharam diversas versões, com diferentes recheios, sabores e coberturas. Além disso, tornaram-se interessantes para várias finalidades, como sobremesas, presentes e lanches. Porém, apesar de deliciosos, sua produção e comercialização apresentam um grande desafio: a vida útil. É preciso ter muito cuidado com a perda de qualidade dos produtos com o tempo. Os brownies e cookies tendem a ficar murchos, ressecar ou até mesmo mofar.

Com isso, apesar da ótima oportunidade que é a comercialização de cookies e brownies, é essencial a implementação de medidas que aumentem a validade deles. Ao vender doces que possuem uma boa vida útil, é possível expandir a produção e montar uma fábrica. Dessa forma, ter doces que durem e abrir sua fábrica foi o que levou nossa cliente Helena a entrar em contato conosco.

Sobre a cliente 

Helena Gomes  é uma confeiteira de Belo Horizonte, Minas Gerais, e proprietária da Helena Gomes – Cookies e brownies. Ela costumava produzir deliciosos cookies e brownies artesanais, mas apenas para o consumo entre parente e amigos. Durante a pandemia, ela começou a comercializá-los, produzindo os doces em sua própria casa. 

Com as vendas aumentando, ela viu a oportunidade de expandir sua marca, entretanto se deparou com três obstáculos. Um deles é a validade dos cookies e brownies, que duravam cerca de 5 a 8 dias. Diante disso, ela não sabia quais os melhores métodos para aumentar a vida útil de seus produtos. Outro problema, era acerca da falta de conhecimento para investir  em uma linha de produção de doces assertiva. Além disso, Helena tinha o desejo de vender os doces congelados. Motivo esse devido eles só serem comercializados prontos para o consumo. No entanto, ela não sabia qual a melhor forma para efetivar a produção desse desejo.

A partir dessa situação, a Helena entrou em contato com a Mult – Consultoria e Projetos. Ela fechou a parceria conosco, visando encontrar auxílio para aumentar a validade dos doces e elaborarmos seu processo produtivo.

Desafios 

cookiesComo citado anteriormente, a Helena encontrava dificuldades com a validade dos cookies e dos brownies. Em relação aos cookies, após cerca de 5 dias eles perdiam o sabor, a crocância e ficavam murchos. Já os brownies, por volta de  7 dias após assados, ressecavam e ficavam duros e quebradiços. Esse tipo de processo é muito comum em alimentos de padarias e confeitaria, como os doces da Helena. 

Essas condições ocorrem por diversos fatores ambientais. Entretanto, podem ser diminuídas com o uso de métodos como aditivos e embalagens. A cliente desejava uma proposta que tornasse possível uma vida útil maior, mas sem perder as características artesanais dos doces. Buscando o conhecimento técnico adequado para propor as melhores soluções para os produtos, a Helena enxergou a Mult como a solução. 

Outra dor enfrentada por Helena, era acerca de quais maquinários investir para construir sua fábrica de doces. Esse problema é muito comum entre os empreendedores que possuem o sonho de ter a própria fábrica. Definir os maquinários para o processo produtivo é de extrema importância para evitar custos desnecessários e ter uma produção otimizada. Com isso, Helena também percebeu que a Mult era a solução para essa preocupação. Assim, Helena pode efetivar seu sonho de ter uma fábrica de cookies e brownies prontos para entrega e congelados.

Análise Inicial

Já durante a negociação, a Helena deixou claro como era importante manter as características de seus doces. Um dos principais fatores seria a manutenção da qualidade dos produtos e do aspecto artesanal, responsável pelo sucesso entre os clientes. Além disso, alinhamos com ela se possuía restrições em relação a mudanças nos ingredientes e a adição de algum aditivo. 

Por fim, foi acordado o orçamento desejado para os maquinários do processo produtivo e qual a produção que a cliente gostaria de ter. Com essas respostas, o projeto teve três focos: 

  • Identificar os aditivos e embalagens mais adequados para aumentar a vida útil;
  • Estudar os melhores métodos para a venda dos doces congelados;
  • Recomendar os melhores maquinários para a futura fábrica dos clientes.

Dessa forma, ofertamos soluções  que atendessem exatamente às suas necessidades.

Solucionando o Problema 

Após compreender os objetivos e os desafios da Helena o projeto foi iniciado. Assim, personalizado para a cliente, o projeto teve como noção de sucesso: o aumento da vida útil dos doces e os insumos para abrir a fábrica de cookies e brownies. Isso foi possível através de várias etapas que serão pontuadas a seguir.

1. Pesquisa Bibliográfica e Levantamento de Normas sobre brownies e cookies

Papel com lápis, check list.O primeiro passo foi a realização de uma pesquisa de mercado. Nessa pesquisa, elencamos outras marcas de cookies e brownies artesanais e industrializados, atentando-se a diversos fatores. Dentre eles estão os ingredientes e aditivos utilizados e embalagens. Além disso, estudou-se o prazo de validade para termos conclusões gerais sobre os produtos referência no mercado. Com isso, foi possível traçar a média de vida útil desse produto, e os aditivos e embalagens mais utilizados

O levantamento de normas teve como um de seus objetivos garantir que as proposições estariam em conformidade com a legislação brasileira. Para isso, foi necessário inicialmente identificar em qual categoria os cookies e brownies estão inseridos. Seguindo as normas da ANVISA, principal órgão relacionado às normas alimentares. A partir disso, foi possível levantar quais seriam as quantidades permitidas para cada classe de aditivos.  

Além disso, mapeamos as principais boas práticas de fabricação relacionadas à produção de doces. Assim, é possível garantir que o processo produtivo da cliente esteja adequado e, com isso, sem chance de contaminações externas. Dessa forma,  conseguimos garantir a segurança da escolha final dos aditivos que seriam utilizados. Além da segurança na produção, para a prevenção de contaminações indesejadas. Assim, guiamos o restante do projeto de forma direcionada. 

2. Estudo de Ingredientes  

ingredientesApós compreender o cenário geral do mercado de cookies e brownies, além da sua classificação frente a ANVISA, iniciou-se a compreensão da receita da cliente. Para isso, estudamos separadamente cada ingrediente das receitas dos cookies e brownies. Essa pesquisa teve como o foco diagnosticar quais eram as funções de cada ingrediente para o produto. Assim, foi possível entender como os ingredientes interagem entre si. Além de possibilitar a identificação de pontos de atenção com relação ao aspecto rançoso e ressecamento dos produtos.

Também foram estudados possíveis ingredientes para aumentar a vida útil e conter os fatores que afetam os produtos. Com essa análise, foi possível entender quais ingredientes mais influenciavam na redução da validade. Como, por exemplo, a água e sua atividade realizada no produto. Além de entender como os aditivos que seriam estudados poderiam interagir com esses ingredientes.

3. Estudo de Aditivos 

Acerca dos aditivos, para o projeto foram estudados: conservantes, antioxidantes, acidulantes e umectantes. É importante ressaltar que a escolha dos aditivos estudados foi baseada no interesse da cliente de aumentar a validade. Além de evitar mudanças nas características do produto. 

Assim, a primeira classe estudada foi a de conservantes. A principal função desses aditivos é a de combater o surgimento e o aumento de microrganismos. Esses microrganismos podem gerar a perda de sabor relatada pela Helena. Então, o estudo dos conservantes foi essencial para superar esse desafio. 

Além disso, os conservantes dependem de uma condição ideal para funcionarem da forma mais efetiva. É possível atingir essa condição com o auxílio de  acidulantes. Portanto estudou-se essa classe de aditivos, conhecidos como reguladores de acidez. Além disso, a ação dos acidulantes é importante para conservar o produto. Isso porque microrganismos dependem de uma acidez ideal para sobreviver. Assim, caso essa acidez seja alterada, dificulta-se o desenvolvimento de microrganismos, como fungos.

Já os umectantes, foram recomendados para auxiliar na manutenção dos brownies cremosos e úmidos, conforme o cliente desejava. Entretanto, vale lembrar a importância do devido balanceamento deste aditivo na formulação, pois quantidades excessivas podem gerar efeito laxante

Por fim, para os cookies, recomendou-se o uso de antioxidantes. Utiliza-se essa classe de aditivos para auxiliar na prevenção das reações de oxidação. Tal tipo de reação ocasiona o aspecto rançoso relatado pela cliente, o qual ela deseja evitar.

4. Estudo de Embalagens e Métodos de Conservação

embalagemNão somente aditivos seriam utilizados para melhorar a vida do produto. Estudou-se possíveis métodos de conservação e quais embalagens deveriam ser utilizadas nos produtos. Esses dois estudos serviram de complemento para garantir o desejo da cliente de aumentar a vida útil, oferecendo saídas diferentes. Dessa maneira, ela poderia escolher quais soluções aplicar com base em seu orçamento, disponibilidade de tempo, etc.

Através das embalagens, é possível minimizar a ação de microrganismos e a oxidação. Portanto, a embalagem correta é um dos fatores com maior impacto na vida útil dos produtos. Para definir as melhores embalagens, teve-se como base, as características individuais dos doces. Como a crocância e a fragilidade e as embalagens mais observadas na pesquisa de mercado. Além disso, foi feita uma pesquisa de fornecedores e orçamentos, levando em consideração o custo x benefício para a Helena.

Sobre os métodos de conservação, foram estudados alguns dos mais inovadores, como embalagens ativas e de atmosfera modificada. Além disso, como dito anteriormente, o projeto tinha como um dos focos a vendas dos cookies e brownies congelados. Foi constatado que o congelamento é uma opção muito viável, atendendo mercados diversificados com um investimento para implementação relativamente baixo.  Analisou-se os melhores métodos de congelamento, o custo de implementação, os prós e como a proposta do cliente estava alinhada com eles.

5. Processo Produtivo e Definição de Maquinários

maquinárioA última etapa do projeto foi o estudo do processo produtivo e maquinários necessários. Primeiramente, a equipe analisou o processo atual de fabricação dos cookies e brownies da cliente. Após isso, estudou-se quais seriam as mudanças ao passar esses processos para uma fábrica, industrializando-os. Esse estudo demonstrou que a produção dos doces, mesmo sendo produtos diferentes, era simples e possuía similaridades. 

Após isso, foi feita a análise dos maquinários que seriam propostos para a cliente conforme o volume de produção desejado. Assim, sugerimos os equipamentos, desde os mais simples, como uma geladeira, até maquinários mais complexos, como dosadoras. Simultaneamente a essa proposição, a equipe também realizou o orçamento dos maquinários propostos para as clientes. Além de indicar quais eram essenciais para o início da produção. Logo, também demonstrou-se quais equipamentos poderiam ser adquiridos com o crescimento da empresa e expansão da marca. Além disso, indicou-se contatos, valores e localização dos fornecedores, de forma a facilitar o processo de aquisição dos equipamentos pela cliente.

Implementação na Produção e Resultados

Após a apresentação do projeto e entrega do relatório, a Helena já comprou os aditivos com os fornecedores que indicamos e realizou as mudanças propostas. Dessa forma, a cliente os adicionou nas quantidades e instruções indicadas, a fim de superar o desafio para expansão de seu projeto. Além disso, com base no processo produtivo e maquinários indicados pela Mult, a cliente já está montando sua cozinha industrial. Com o sucesso da marca, ela decidiu abrir uma panificadora, em que os deliciosos cookies e brownies serão produzidos e vendidos!

Com as informações fornecidas, a Helena conseguiu as proposições necessárias para aumentar a vida útil. Assim, tornou possível realizar o sonho de expandir seu negócio!  Será que não está na hora de você também alavancar seu negócio? Entre em contato com a gente para um diagnóstico gratuito!

 

 

Classifique este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *