fbpx

Kombucha: saiba como ajudamos nosso cliente a garantir a adequação do teor alcoólico e o aumento da sua duração

kombucha

Você sabe o que é kombucha? A kombucha é uma bebida fermentada e naturalmente gaseificada. É elaborada a partir do chá das folhas da Camellia sinensis (também chamado de chá-da-índia) na presença de açúcar. A bebida possui uma cultura de bactérias e leveduras que auxiliam nesse processo fermentativo da bebida. Diversas produtoras personalizam o resultado final do produto a partir da adição de sucos, frutas e especiarias. Dessa forma, existe um mercado bastante diverso e com grande potencial, como é o caso dos nossos clientes.

Como falado anteriormente, o mercado de kombucha tem crescido muito nos últimos anos. Assim, da mesma forma, a legislação tem se tornado mais rígida, com cada vez mais requisitos. Uma dessas questões é o teor alcoólico das kombuchas não alcoólicas, que deve obrigatoriamente estar dentro de um limite.

Sobre a empresa/cliente

A kombucha Mr. Bolt é um empreendimento do casal Cintia e Daniel, que residem no Rio de Janeiro. Eles produzem 8 sabores diferentes de kombucha não alcoólica artesanal e vendem por meio das redes sociais. Eles já se encontram consolidados no mercado e atualmente entraram também no ramo de produção de pães fermentados.

Desafio

A Kombucha é uma bebida nova no Brasil. Uma das referências necessárias de serem atingidas era o teor alcoólico da bebida. Por esse motivo, vários comerciantes enfrentaram o desafio de adaptar seus produtos ao que era exigido por lei

Os clientes, na mesma situação descrita anteriormente, fizeram vários testes com a bebida para chegar às exigências do MAPA. Porém, eles necessitavam de uma pesquisa mais aprofundada que levasse em consideração todos os seus interesses.

A partir dessa situação, eles entraram em contato com a Mult – Consultoria e Projetos. Dessa maneira, fecharam uma parceria conosco, visando encontrar auxílio para que as suas kombuchas estivessem de acordo com as normas vigentes. Outro ponto importante era manter suas características, sabores e aromas. 

Análise Inicial

Já durante a negociação, os clientes demonstraram o quanto era importante manter o sabor e as características de suas kombuchas. Um dos principais fatores seria a manutenção da qualidade das bebidas, do sabor e do aroma apreciado pelos seus clientes. 

Levando o que foi dito em consideração anteriormente, o projeto teve três focos: 

  • Analisar a influência dos ingredientes utilizados no teor alcoólico da kombucha;
  • Estudar o processo produtivo e métodos de conservação de forma a manter as características dos produtos;
  • Recomendar as melhores embalagens para as bebidas dos clientes.

Dessa forma, ofertamos soluções que atendessem exatamente às suas necessidades.

Solucionando o problema

1. Pesquisa Bibliográfica e Estudo de Normas de Kombuchas

registroEm primeiro lugar, foi realizada uma pesquisa de mercado. Assim, listou-se outras marcas de kombuchas alcoólicas e não alcoólicas atentando-se a diversos fatores. Dentre eles estão os ingredientes, validade, teor alcoólico e embalagens utilizadas.  Com isso, foi possível identificar algumas relações entre embalagem, ingredientes e teor alcoólico, as quais levou-se em consideração em etapas posteriores. 

O estudo de normas teve como um de seus objetivos garantir a conformidade com a legislação brasileira. Para isso, foi necessário inicialmente identificar em qual categoria as kombuchas estavam inseridas. Essa informação foi retirada do MAPA, órgão que regulamenta o segmento das bebidas no Brasil. A partir disso, foi possível levantar a caracterização do produto, assim como os parâmetros necessários para sua conformidade

Além disso, mapeamos as principais boas práticas de fabricação relacionadas à produção de bebidas. E também pesquisamos a respeito das normas relacionadas às embalagens plásticas, de vidro e metal. Assim, é possível garantir que o processo produtivo esteja adequado e, com isso, sem chance de contaminações externas ou inconformidades. Feito isso, guiamos o restante do projeto de forma direcionada. 

2. Estudo de Ingredientes e Aditivos

Após compreender o cenário geral do mercado de kombuchas, além da sua classificação, iniciou-se a compreensão das receitas dos clientes. Para isso, estudou-se os ingredientes em comum das kombuchas, assim como os ingredientes utilizados para “dar sabor e aroma” à bebida. Essa pesquisa teve como o foco entender quais eram as funções de cada ingrediente para o produto. 

Além disso, identificou-se a relação das matérias primas utilizadas com a quantidade de álcool produzida durante o processo fermentativo da bebida. Assim, foi possível identificar os pontos de atenção com relação ao teor alcoólico presente na bebida.

Acerca dos aditivos para o projeto foram estudados: aromatizantes e corantes naturais, os permitidos por lei. Realizou-se esse estudo para analisar opções de substituição de insumos utilizados pelos clientes. Estudou-se apenas essas duas classes já que apenas elas eram permitidas pela legislação.

3. Estudo do Processo Produtivo da Kombucha

manual fabricação - conservação artesanaisEm seguida, estudou-se o processo produtivo de kombucha. Assim, pesquisamos sobre a produção desde as primeiras etapas da elaboração da kombucha até seu envase.

Nessa etapa levou-se em consideração alguns parâmetros dos produtos inacabados e a bebida final do cliente também. Isso foi feito de modo a obter uma análise mais personalizada e confiável da realidade da Mr. Bolt.

Ao fim dessa etapa a equipe foi capaz de tirar conclusões a respeito da relação entre os parâmetros. Como, por exemplo, tempo de fermentação e temperatura, dos produtos e matérias primas, e a qualidade da bebida final. Dessa maneira, ao final da etapa foi possível indicar proposições assertivas aos clientes, levando em consideração sua necessidade inicial. 

4. Estudo de Embalagens

embalagemA embalagem também era um fator importante para os clientes, já que a escolha da embalagem correta afeta na qualidade da bebida e no apelo aos consumidores. Dessa maneira, foram estudados os tipos de embalagens mais comuns no mercado de kombuchas. 

Neste estudo, levou-se em consideração aspectos como porosidade e custo-benefício. Depois de definido o melhor tipo de embalagem, foi feita uma pesquisa de fornecedores e orçamentos. Para isso, levamos em consideração a localização da produção dos clientes, assim como o preço e qualidade da embalagem.

5. Aplicação à Realidade dos Clientes

Essa etapa teve como objetivo analisar as informações coletadas nas pesquisas e adaptá-las para a realidade das kombuchas Mr. Bolt. Para isso, indicamos soluções e aplicações de alternativas buscando garantir uma estabilidade e qualidade da bebida. Outro fator levado em consideração é a conformidade do produto com relação às normas. 

Dessa maneira, fez-se proposições acerca da receita da kombucha dos clientes. Posteriormente, realizou-se proposições a respeito do processo produtivo, analisando cada etapa e como seus parâmetros influenciam na bebida. Nessa etapa também retomou-se a escolha pela embalagem estudada anteriormente. Por fim, foi feito uma priorização das proposições. Assim, os clientes podem ter um direcionamento com relação ao que deve ser priorizado na hora de colocar o projeto em prática.

Além disso, a equipe pesquisou a respeito de micro-organismos vivos benéficos para a saúde presentes na kombucha, uma demanda do Daniel e da Cíntia. Essas informações foram organizadas no relatório de forma didática.

Conclusão

Após todas as etapas serem realizadas, foi possível elencar as proposições a respeito da produção e da receita da kombucha dos clientes. Dessa forma, garantimos um produto de qualidade. Assim, entregou-se um relatório com todas essas informações, permitindo implementar o que foi proposto. Se você também tem interesse em estudar sobre a sua produção e garantir a qualidade do seu produto, não deixe de entrar em contato com um de nossos consultores!

Classifique este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *