fbpx

Como montar sua fábrica de sucos

fábrica-de-sucos

Não é novidade que o Brasil possui uma rica variedade de frutas tropicais. Mas, você sabia que, segundo a CitrusBR, o Brasil responde por 79% do suco de laranja comercializado no mundo? Internamente, fortalece o mercado de fábrica de sucos naturais pela crescente procura dos consumidores por alimentos saudáveis e naturais. Além disso, pela facilidade de serem consumidos, vemos que os sucos prontos são muito atrativos!

Com essa grande disponibilidade de frutas no país, a realização de uma fábrica de sucos é um investimento estratégico. Portanto, é importante conhecer todos fatores que envolvem a produção, ou até mesmo antecedem ela, como a sazonalidade das frutas. Assim, o primeiro passo para construir uma fábrica de sucos de sucesso é a realização de um planejamento industrial da produção. Vamos, agora, descobrir como montar a sua fábrica de sucos!

Normas sobre a produção de sucos

registroEm uma fábrica de sucos, a qualidade e a segurança da produção estão relacionadas às boas práticas de fabricação (BPFs). O descumprimento das normas e BPFs podem gerar multas aplicadas pela vigilância sanitária. Por isso, o empreendedor precisa se atentar à legislação vigente acerca da produção dos sucos para montar sua indústria. Dessa forma, evitam-se gastos desnecessários e, com produtos de qualidade, se conquista a confiança e fidelidade do consumidor.

Além das normas técnicas e boas práticas de fabricação, há outros requisitos necessários para abrir uma fábrica de sucos. Um exemplo desses requisitos é a obtenção de um registro para começar a produção. Há também legislações referente aos rótulos dos produtos e sobre sua composição. Isso permite compreender o que pode ou não ser feito em sua produção e produto, como alterações na composição.

Etapas da produção de uma fábrica de sucos

suco copoEm uma fábrica de sucos naturais pode-se produzir tanto sucos comuns, quanto sucos concentrados, ou até mesmo polpas. Os sucos comuns são bebidas não fermentadas, não concentradas e não diluídas, obtidas a partir da fruta madura. Já os sucos concentrados, são sucos em que houve extração de, no mínimo, 50% da água de sua composição. É possível ter uma diversidade de tipos de suco e também de sabores, com diferentes frutas, hortaliças ou legumes.

Apesar de existirem algumas características específicas para diferentes produtos e sabores, o processamento da fruta é basicamente o mesmo para todos. O controle e conhecimento das etapas da produção permitem otimizá-las, bem como detectar e solucionar problemas. Assim, para compreender como montar a sua fábrica de sucos, faz-se necessário ter conhecimento dos processos envolvidos nessa indústria. Vamos conhecer essas etapas a seguir!

Recepção e armazenagem

A recepção refere-se a chegada das matérias-primas à fábrica. Nesse momento, descarta-se as frutas sem condição de virar polpa. Já a separação das frutas ocorre de acordo com o estado de amadurecimento. E, com relação à armazenagem, elas permanecem em depósito o tempo necessário para manter o equilíbrio do fluxo de produção.

Não só nessa etapa, mas durante toda a produção, é válido pensar também nas Boas Práticas de Fabricação. Tal informação é importante para que seja assegurada a qualidade dos sucos na entrega final. 

Lavagem/limpeza

Lava-se as matérias-primas com água limpa. Em seguida, passam por uma solução de detergente e cloro, cuja ação é aumentada pelo uso de escovas e agitação. Normalmente, realiza-se essa etapa em um lavador mecânico. Inicialmente, ocorre um banho por imersão, para retirar impurezas mais grosseiras, como terra. E, após isso, os alimentos passam por um sistema de chuveiros (ou sprays) para completar a limpeza.

Seleção

Nessa etapa, por meio de esteiras, separa-se os frutos, verduras ou legumes verdes, amassados ou que tenham qualquer outro tipo de defeito. Portanto, retira-se qualquer matéria-prima a ser processada que possa alterar negativamente a qualidade do produto final.  

Descascamento

A etapa de descascamento retira as cascas, sementes e caroços presentes nas matérias-primas. Além disso, essa etapa pode ser feita tanto manualmente, quanto por meio de maquinários. 

Desintegração

O processo de desintegração, também conhecido por trituração, transforma a fruta, legume ou verdura em pequenos pedaços. Isso facilita a próxima etapa, que é a de extração do suco, ou seja, aumenta o rendimento do suco. Existem equipamentos que realizam essa integração a quente, com vapor quente de água ou por aquecimento indireto. Esse tipo de processo é ideal para evitar o escurecimento dos produtos.

Despolpamento

A próxima etapa é o despolpamento, em que as matérias-primas são direcionadas a uma máquina para obter o suco da fruta. Nessa etapa, separa-se a polpa das demais partes da fruta. Para isso, as pás da máquina se movem com grande velocidade, forçando a fruta triturada a passar através de peneiras.

Pasteurização

A pasteurização é o processo responsável por eliminar microrganismos que podem comprometer a duração dos sucos. Assim, esse processo realiza um aquecimento por um período determinado de tempo, que elimina esses possíveis agentes contaminantes. 

Refrigeração

Por fim, a refrigeração ocorre logo após a pasteurização, em que se diminui a temperatura na qual está o produto. Realiza-se isso, a fim de reduzir os efeitos da degradação causada pela temperatura. Clique no link e descubra como a Mult auxiliou um cliente a melhorar a refrigeração de seus sucos naturais!

Maquinários para uma fábrica de sucos

maquinario_producaoEstá decidido em montar sua fábrica de sucos? Para isso, você precisará de alguns maquinários específicos para realizar os processos citados acima. Alguns exemplos de maquinários necessários são: máquinas para limpeza das frutas, despolpadeiras e envasadora de líquidos. Além dos maquinários, é necessário a obtenção de outros equipamentos, como equipamentos de proteção individual e as embalagens.

Portanto, você deverá selecionar os fornecedores ideais para os maquinários a partir da compatibilidade do equipamento com sua demanda. Isso é, o maquinário deve ser dimensionado para atender a produção desejada, sendo capaz de produzir a quantidade necessária. Além disso, leva-se em consideração, também, outros fatores, como a qualidade do maquinário, o gasto de energia e o seu custo. Assim, selecionando de forma correta os maquinários, contribuirá para possuir competitividade no mercado e ter uma produção mais lucrativa

Conclusão

Como vimos, a instalação de uma fábrica de sucos no Brasil é um empreendimento estratégico. Em suma, para abrir sua fábrica, você deve se atentar a legislação, ao processo produtivo e possuir os maquinários e equipamentos. Portanto, fica claro a necessidade de um estudo detalhado sobre esses pontos para garantir o sucesso de seu negócio.

Por fim, também é preciso ter um planejamento financeiro do negócio, a fim de compreender os custos envolvidos no projeto. Esse planejamento envolve, por exemplo, ter conhecimento dos custos dos maquinários e matérias-primas. Ficou interessado em montar sua própria fábrica de sucos? Entre em contato com a Mult, nós podemos te ajudar! Também clique no link para entender como ajudamos nosso cliente a iniciar sua produção de sucos e polpas!

Ana Flávia Ribeiro

Classifique este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *