fbpx

Conheça os Principais Cuidados de Higiene Industrial Necessários na sua Produção

Design sem nome

Advertências, multas e suspensão da fabricação de produtos são apenas algumas das possíveis penalidades para uma empresa que não seguir boas práticas na produção. Muitos empreendedores, entusiasmados por instituírem seu negócio, podem pensar “finalmente estabeleci minha produção!” Mas o trabalho não para por aí: para assegurar a qualidade do produto, o fabricante deve estar atento à higiene industrial

Essa necessidade das práticas sanitárias advém do fato de uma produção higienizada ser indispensável para o sucesso do seu empreendimento. Além de incentivar a qualidade dos produtos, as agências de vigilância sanitária estão cada vez mais rigorosas com os critérios cobrados das fábricas.

Veja abaixo os passos para alcançar a higiene industrial.

Manual de Boas Práticas de Fabricação

A princípio, diferentes instituições definem quais pontos um estabelecimento deve seguir para instalar a segurança sanitária na produção. A Anvisa é uma delas, mas há também a Vigilância Sanitária, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), entre outros órgãos. Basicamente, sua fábrica deve observar determinados aspectos nos âmbitos da infraestrutura e da higiene. Além disso, os Procedimentos Operacionais Padronizados (POPs), segundo as exigências do órgão fiscalizador, são indicados por um Manual de Boas Práticas de Fabricação (MBPF).

Veja abaixo, quais desses aspectos considerar em sua produção.

1. Observe a infraestrutura da fábrica

Indústria

Você já deve ter considerado alguns pontos ainda ao abrir a fábrica: localização e estrutura. Assim, é importante observar se o local não é cercado de fontes de contaminação, como fumaça ou roedores. Além disso, os pisos devem ser antiderrapantes, laváveis e impermeáveis. Esse cuidado se estende às paredes: devem ser claras e laváveis. Novamente, o Manual de Boas Práticas de Fabricação contém tais informações. Quer entender melhor o MBPF? Aqui está um Ebook gratuito sobre esse documento.

Em seguida, feita a observação das características citadas acima,  há de se atentar à ventilação e à iluminação do local. Um ar seco, limpo e filtrado é importante para combater o desenvolvimento de microrganismos nos alimentos. Junto a isso, o ambiente de trabalho precisa ser bem iluminado para possibilitar visibilidade dos focos de sujeira. Não só isso, mas a iluminação também promove a segurança no trabalho. Com isso, a higiene industrial pode evitar despesas relacionadas a acidentes.

2. Empregue hábitos higiênicos

Além dos cuidados com a infraestrutura da fábrica – e tão importante quanto eles – seus funcionários precisam seguir certos hábitos de higiene. Esses costumes, quando se trata de quem manipula o produto, envolvem os quesitos abaixo:

  • Higiene pessoal
Higiene Pessoal

Uma das Boas Práticas de Fabricação mais básicas é lavar as mãos. Assim, o funcionário deve proceder à lavagem das mãos antes de manipular o alimento e ao fim da jornada de trabalho. Contudo, ele deve fazê-lo também ao usar o banheiro, após tossir, espirrar e tocar superfícies que não o próprio alimento ou utensílio de manipulação. 

  • Estado de saúde
Termomêtro

Além da higiene dos trabalhadores, é imprescindível observar as suas condições de saúde. Portanto, avaliações médicas constantes devem ocorrer, bem como devem ser registradas no Manual de Boas Práticas de Fabricação. Nesse aspecto, se um funcionário apresentar ferimento ou enfermidade transmissível e que possa contaminar os alimentos, ele ou ela deverá ser afastado temporariamente. De maneira complementar a essas observações, é importante que os trabalhadores comuniquem o responsável sobre essas enfermidades em detrimento da higiene industrial.

  • Vestimenta e acessórios

Por fim, quando se trata de higiene industrial, não se pode esquecer dos insumos usados pelos funcionários. Os manipuladores de alimentos, por exemplo, devem receber uniformes para uso exclusivo do trabalho, bem como devem mantê-los limpos. Ademais, as seguintes práticas também são essenciais: prender e cobrir os cabelos e retirar anéis, brincos e correntes.

3. Garanta o cumprimento da higiene industrial

Sim, é essencial que você implemente as práticas que mencionamos. No entanto, para esses costumes serem hábitos, de fato, é importante promover o aprendizado. Para isso, os funcionários precisam conhecer quais procedimentos seguir na rotina da fábrica e, especialmente, entender a importância de respeitá-los. Então, forneça treinamentos com as orientações de como implementar a higiene industrial e aborde as práticas mencionadas. À medida que treinar sua equipe, lembre-se de registrar essas capacitações no MBPF

Ademais, garanta que demais funcionários e visitantes também sigam os procedimentos de higiene no local de produção. Você pode colocar avisos para incentivá-los a lavarem as mãos e para instruí-los de como fazer isso. Por último, mas não menos importante, seja um exemplo! Respeitar também a higiene industrial demonstra a seriedade com que seus funcionários devem tratá-la. Dessa maneira, você evita a que os trabalhadores tenham a falsa sensação de não terem compromisso com uma produção sanitária.

Como colocar a higiene industrial em prática?

Diante do exposto, note como os principais cuidados sanitários que toda fábrica deve ter envolvem infraestrutura, hábitos higiênicos e treinamento dos funcionários. Além disso, a manutenção da  higiene industrial na sua fábrica é uma necessidade que vai além de evitar penalidades. É um assunto importante para a segurança de seus trabalhadores e consumidores e para a imagem da sua empresa. Afinal, um produto de qualidade envolve uma produção sanitária.

Telefone de Contato

“Tudo bem, entendi quais cuidados preciso implementar em minha fábrica, mas como fazer isso? Quais as regulamentações a serem seguidas? Quais os órgãos fiscalizadores?” Entendemos que a execução da higiene industrial, definida em um Manual de Boas Práticas de Fabricação, pode ser um desafio. Por isso, se você tem esses questionamentos, sinta-se à vontade para entrar em contato conosco. Não se esqueça de que esse documento pode fazer a diferença na realização dos seus sonhos para a fábrica. 

Por Hannah Lindenberg.

Classifique este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *