fbpx

Viabilidade de seu novo produto: Saiba como comprovar

Design sem nome

Antes de desenvolver um produto, especialmente em virtude da pandemia, é importante estudar a viabilidade de seu novo produto. Isso evita que haja riscos, como desperdício de tempo e dinheiro. Suponha que você queira produzir bebidas geladas com café, mas não conhece o processo produtivo envolvido. Sem informações sobre o leite – animal ou vegetal – mais adequado, torna-se difícil fazer uma bebida boa e rentável.

Afinal, o que é o estudo de viabilidade de inovação?

Ideia

O estudo da viabilidade de seu novo produto é uma análise realizada pela Mult para que você saiba se é ou não viável  realizar a produção do que pretende. No processo de colocar em prática uma ideia, surgem perguntas. Será que é lucrativo investir nesse mercado? O processo produtivo é mesmo esse que encontrei na internet? Quais os ingredientes envolvidos? Posso usar conservantes? Quais? Resolveremos esses e outros questionamentos com esse estudo. Mas como?

Pesquisa de produtos similares no mercado:

É importante conhecer o padrão daquele produto para que você esteja inteirado quanto à concorrência. Além disso, é possível ter noção de sabores mais aceitos pelos consumidores, quais os aditivos comuns. Primeiramente coletaremos informações sobre quais os ingredientes utilizados, faixas de preço e validade. Assim, teremos os insumos para que as próximas etapas sejam bem sucedidas e você saiba se vale a pena produzir sua ideia.

Estudo da legislação e Boas Práticas de Fabricação:

Estudo de Normas

Como não queremos que seu produto desrespeite às Leis, analisamos quais estão relacionadas a ele. Então, esse passo sinaliza possíveis restrições de ingredientes, conservantes e a quantidade máxima permitida. Soma-se a isso o estudo das boas práticas de fabricação para que seu produto cumpra os requisitos sanitários e higiênicos. Desse modo, saberemos se o seu produto pode ser produzido, com embasamento da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e outros órgãos reguladores, como o MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

Estudo de embalagens:

Há uma gama diversa de embalagens disponíveis para o envase de alimentos, bebidas e demais produtos. Será que a mais comum no mercado é a mais adequada para incorporar na sua produção? Cada ingrediente de um produto interage com a embalagem, então não estudá-la pode prejudicar muito a qualidade do seu produto. Fazendo isso, é muito provável que a vida útil do seu alimento, por exemplo, se torne maior que a dos seus concorrentes.

Estudo do processo de produção:

Produção Industrial

Mesmo os produtos considerados fáceis de produzir possuem especificidades. Dessa maneira, tanto uma indústria de tecido quanto uma de sucos seguem um fluxo produtivo. Ainda mais se a sua ideia for fabricar um produto não muito comum, essa análise se torna imprescindível. 

Dessa forma, contemplaremos as etapas da fabricação, como higienização da matéria-prima, produção e embalagem. Isso serve para entendermos a sequência dos processos e  quais os maquinários envolvidos, bem como seu custo. 

Estudo dos ingredientes:

Fórmula do Produto

Essa etapa consiste no estudo de ingredientes e de como eles afetam a validade do produto. É vantajoso e te dá vantagem competitiva sobre a concorrência ter essas informações. Além disso, estudamos os aditivos – naturais ou sintéticos – que podem proporcionar as características desejadas a sua ideia. Com isso, elencamos os conservantes, acidulantes e outros tipos de aditivos que fazem sentido para sua ideia de negócio. 

Definição de faixas de proporção:

Acreditamos que o que faz cada suco, por exemplo, ser único são as concentrações de seus ingredientes. Por esse motivo, entregamos a você a proporção dos ingredientes para seu produto, não a quantidade exata. Dessa maneira, você tem a liberdade de escolher a “receita” que mais te agrada. 

Análise de custos da produção:

Análise de Custo

Conhecendo os ingredientes, a embalagem e o método produtivo,  indicamos a faixa de preço ideal para vender seu produto. Nessa parte do projeto, nós também buscamos os fornecedores de cada insumo indicado nas etapas anteriores. Com essa análise, seu produto poderá ser inserido no mercado com um preço similar ao dos concorrentes, o que já garante uma melhor aceitação por parte dos consumidores.

Relatório final:

Depois de todos os estudos, juntamos todas as informações e as análises num documento que enviaremos. Realizaremos também uma apresentação explicando tudo que estudamos e indicamos. 

Depois de compreender essas etapas, fica evidente o quanto é importante realizar uma análise de viabilidade antes de começar sua produção. Com isso, você evita perda de capital e de tempo. Ainda assim, você pode pensar “tudo bem, consegui entender o que é feito para saber se o lançamento do meu produto é lucrativo, mas como saber se funciona?”. Diversas empresas passaram por nós e conseguiram, a partir do Estudo de Viabilidade e Inovação, inserir sua invenção no mercado e serem reconhecidas.

Hibisco

Como exemplo, nós temos a Amanter, a qual concluiu 2 projetos desse tipo com a Mult: Hibisco para cosméticos e Café para cosméticos. É interessante citar que estamos executando o terceiro projeto para a empresa enquanto você lê esse texto. Podemos falar também sobre nossos trabalhos na área alimentícia, como o Molho de alho e o açaí em pó. 

Bom, agora você conhece melhor como seu produto e sua produção podem ser estudados para te trazer maior segurança para o lançamento dele. E também te apresentamos alguns cases de sucesso na área de estudo de viabilidade de seu novo produto, ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco para mais informações! 

Por Eduarda Venturelli.

Classifique este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *