fbpx

Saiba mais quais são as etapas para a formulação de um produto

formulação de um produto

Seja para aumentar a sua receita, reduzir custos ou reduzir riscos, a formulação de um produto quase sempre é uma vantagem competitiva para o seu negócio. Apesar de inicialmente parecer algo que se parece difícil tecnicamente de realizar, com a ajuda de uma consultoria especializada nesse assunto, encontra-se a solução para tudo. Com a conjuntura atual de crise econômica, essa pode ser a saída para alavancar suas receitas e resultados.

Veja nesse artigo quais são as etapas para desenvolver um novo produto a partir do zero: pesquisa de mercado, proposição das formulações possíveis do produto, testes laboratoriais e “scale-up”.

Pesquisa de mercado e revisão bibliográfica para formulação de um produto

Essa etapa é essencial para que se chegue a um resultado de qualidade e que satisfaça as necessidades do cliente. Nela, realiza-se uma pesquisa no mercado de produtos similares ao produto alvo da produção. A partir daí, determina-se quais são os principais componentes químicos encontrados, e então é feita uma revisão bibliográfica sobre esses componentes, a fim de se compreender a função de cada um na formulação do produto.

Proposição das fórmulas possíveis do produto

De posse das informações anteriores, faz-se possível propor como será a fórmula do produto. É aqui que ele começa a ganhar uma identidade. Nessa etapa, define-se proporções de cada componente químico pesquisado anteriormente, ainda em faixa de composição. Por exemplo, para um creme facial, chega-se à conclusão de que devesse ter de 40% a 80% de umectante – como glicerina, colágeno ou lanolina – além dos aditivos, tensoativos e essências.

Teste laboratoriais de formulação de um produto

É, sem dúvidas, a etapa mais importante, pois é nela que tudo o que se produziu de conhecimento até então é testado e validado. Com as proposições em mãos, o produto é finalmente sintetizado em laboratório, variando as faixas de composição até se ter o produto que melhor se adequa aos parâmetros de qualidade para esse produto e segmento de mercado, definindo então, precisamente, a sua formulação. No nosso exemplo do creme facial, chegar-se-ia a definição então de 65% de umectante.  

Scale-up

Mais focada na produção em grande escala, a extrapolação ou “scale-up” é o processo que permite passar de uma escala de laboratório ou piloto de desenvolvimento, para uma escala ampliada de produção. Nela seleciona-se equipamentos e condicionantes de operação a nível industrial, que nortearão o dimensionamento da planta industrial.

Seja no desenvolvimento de uma cera automotiva, polímeros ou cosméticos, as etapas de formulação de um produto seguem sempre esse esquema. Porém, é importante lembrar que fazer a sua própria formulação, de maneira caseira e sem a ajuda de uma consultoria especializada, pode acarretar em um prejuízo enorme ao consumidor caso o produto não seja testado e validado de acordo com a legislação vigente. Portanto, recomenda-se sempre procurar a ajuda de um profissional especialista e que tenha experiência nesse tipo de projeto.

Classifique este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *