fbpx

Cosméticos Veganos: Tudo Que Você Precisa Saber Para Começar Sua Produção

freestocks-AFvUO61NlOU-unsplash

A produção de cosméticos é um mercado com grande crescimento mesmo durante períodos de crise. Em específico, cosméticos veganos são vantajosos por serem tendências no mercado consumidor. Podemos comprovar isso com um estudo da Grand View Research que aponta que esses cosméticos movimentarão US$25,1 bilhões até 2025.

Outras tendências também são cosméticos naturais, orgânicos e cruelty free que serão explicados em seguida.

Quais as diferenças entre cosméticos veganos, naturais, orgânicos e Cruelty Free?

Vegano

Os cosméticos veganos seguem o estilo de vida do veganismo. Neste não são utilizados produtos de origem animal. Logo, cosméticos veganos não podem possuir na sua composição ingredientes como cera de abelha, gelatina, dentre outros. Além disso, eles não podem ser testados em animais.

Além desses, os produtos que não são testados em animais são conhecidos como Cruelty Free (Livre de Crueldade em português). Assim, produtos veganos são cruelty free, mas não necessariamente um produto cruelty free é vegano. Isso ocorre porque um produto pode ter como componente um composto de origem animal, mas não ser testado em animais. 

Maquiagem

Já os cosméticos naturais são aqueles que, além de não serem testados em animais, têm como matérias primas apenas compostos naturais. Assim, substâncias quimicamente sintéticas como corantes, aromatizantes e derivados de petróleo não devem ser utilizadas. Como comparação, um produto vegano pode ter compostos artificiais como cera de abelha sintética, enquanto os produtos naturais não.

Por fim, os cosméticos orgânicos são aqueles produzidos com requisitos mais rigorosos em comparação com naturais. Portanto, para um produto ser considerado orgânico ele deve ser livre de agrotóxicos, de organismos geneticamente modificados e de adubos sintéticos. Além disso, esses cosméticos devem ser produzidos dentro da lógica de sustentabilidade, de ecologicamente correto e de socialmente justo.

Quer saber mais sobre as diferentes classes de cosméticos? Acesse esse link.

Como começar uma produção de cosméticos veganos?

Para começar uma produção de cosméticos é necessário ter atenção com os alguns pontos que serão explicados. Além disso, caso queira saber mais informações sobre como montar sua fábrica de cosméticos acesse esse link.

1 – Conheça o consumidor

Mercado Consumidor

Para desenvolver qualquer tipo de produto e serviço é necessário ter em mente o que o consumidor deseja. Assim, uma ferramenta crucial é a persona. Ela representa o cliente ideal da empresa e suas dores. Com a persona estabelecida é possível analisar a oferta de produtos no mercado e pensar em produzir os mais vantajosos. Nesse momento, é fundamental definir se o produto vai ser apenas vegano ou vegano e, também, orgânico e/ou natural.

2 – Estabeleça a matéria prima

Agora que o produto está definido é necessário estabelecer quais matérias primas serão necessárias para sua fabricação. Com essa finalidade é necessário um estudo químico aprofundado para definir os componentes. Portanto, para melhores resultados, uma consultoria na área é recomendada

3 – Defina a formulação

Formulação

Mais do que apenas definir a matérias prima, também é necessário desenvolver uma formulação que leve em consideração as quantidades. As matérias têm faixas de uso diferentes e é importante conhecê-las para que o cosmético tenha uma boa qualidade. Essa é uma definição teórica que devemos validar por meio de testes.

4 – Faça testes

Depois de definir uma formulação teórica, devem ser feitos testes para validar a estabilidade e qualidade do produto final. Os principais testes servem para analisar aspectos técnicos e sensoriais como odor, cor e viscosidade. Caso os resultados não sejam satisfatórios devemos reavaliar a formulação do produto para depois refazer os testes.

5 – Regularize o produto

Agora que o produto tem uma formulação definida e eficaz é necessário registrar o produto para que ele fique de acordo com a  lei. Dividimos os cosméticos em grau 1 e 2. Seu registro é diferente dependendo do tipo. Para mais informações sobre legislação de cosméticos clique aqui.

6 – Obtenha o selo vegano

Selo Vegano

Por fim, é necessário obter a certificação por parte da Sociedade Vegetariana Brasileira (SBV) de que o produto é vegano. Para isso, a SVB analisa o produto e o processo produtivo para assegurar que a fabricação foi 100% vegana. No caso de tudo estar dentro dos conformes a empresa adquire o selo vegano que vale por 12 meses e pode ser renovado.

Produção de cosméticos veganos como uma oportunidade de lucro

Aumentar o Lucro

É possível começar uma produção caseira de cosméticos veganos ou abrir uma pequena fábrica, já que a fabricação é bem simples. Mesmo que a produção seja pequena o valor agregado de venda dos cosméticos é muito bom, especialmente se ele for vegano. Dessa forma, a área de cosmético é muito interessante para abrir um pequeno negócio lucrativo.

Os cosméticos veganos são muito vantajosos por motivos como: grande crescimento dessa área, bom valor agregado, fabricação simples, dentre outros. Portanto, essa pode ser sua oportunidade de começar um negócio lucrativo. Ficou interessado em produzir cosméticos veganos? Deixe um comentário no espaço abaixo para entrar em contato com a gente! 

Thales Nascimento Nunes

Classifique este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *