fbpx

3 passos para aumentar a vida útil do seu alimento vegano

legumes

O mercado de alimento vegano está em crescente ascensão. Atualmente, não é raro encontrar diversas opções veganas nos grandes supermercados – que investem cada vez mais em atender esse público exigente. Porém, para conquistar um lugar nas prateleiras, é muito importante que o produto tenha uma boa conservação.

O grande desafio acerca de aumentar a validade desses produtos é que não se pode recorrer a aditivos de origem animal. Pensando nisto, é importante estudar as técnicas alternativas de conservação em relação aos aditivos.

Ficou curioso e quer saber como expandir o seu mercado aumentando de maneira efetiva a vida útil do seu produto? Basta continuar lendo!

Fatores que afetam a validade

A conservação do alimento dependerá de vários fatores. Dessa maneira, a validade dependerá tanto das propriedades relacionadas à natureza do alimento, como umidade, quanto a alguns fatores externos relacionados à sua produção, distribuição e estocagem.

Aditivo em alimento vegano

Os aditivos alimentares são substâncias que têm a finalidade de mudar alguma característica de um alimento. Assim, existem diversos tipos de aditivos com finalidades diferentes, dentre elas a de aumentar a conservação do alimento, os chamados “conservantes”.

Nesse momento, o produtor vegano tem que se atentar a escolher aditivos que não são de origem animal e que não foram testados em animais. Logo, essa tarefa pode parecer difícil, mas encontramos uma lista com alguns aditivos que podem ser de origem animal para você ficar de olho.

Os conservantes, tipo de aditivo mais usados pela indústria, podem ser usados também na produção dos alimentos veganos. Normalmente, os conservantes mais utilizados são o ácido ascórbico, o ácido benzoico e o dióxido de enxofre. É possível encontra-los com facilidade – além de seus derivados como os sais – em diversas formas, podendo ser aplicados na indústria vegana. A escolha do melhor conservante leva em conta o tipo do alimento e também as suas propriedades.

Impacto do processo produtivo

Em primeiro lugar, vamos falar sobre a contaminação cruzada. Trata-se da transferência de microorganismos causadores de doenças de um alimento contaminado para outro. Você deve pensar no fluxo da sua produção de uma maneira que seja higiênica e não permita a contaminação cruzada entre os alimentos. É muito importante, também, que este planejamento se estende para as etapas fora do processo produtivo em si, como a estocagem, a distribuição e o gerenciamento dos resíduos industriais

Além da contaminação cruzada, outra etapa do processo produtivo que tem impacto direto na vida útil do seu produto é os processos de conservação. Existem seis métodos básicos de conservação de alimentos: pasteurização, esterilização, desidratação, irradiação, fermentação e irradiação. A notícia boa é que a indústria vegana aceita todos esses métodos! A escolha dos processos ideais para a sua produção vai depender das necessidades específicas do seu produto.

Embalagem

embalagemAs embalagens têm grande influência na hora de convencer o consumidor a adquirir o seu produto, mas sua importância não se resume a questões de marketing. Dentre as várias funções da embalagem, podemos citar:

  • proteger contra danos físicos;
  • evitar a contaminação de vetores biológicos;
  • defender contra contaminação química;
  • garantir a conservação do alimento;
  • garantir que o alimento mantenha suas características nutricionais e sensoriais.

Portanto, deve-se optar por uma embalagem que atenda a esses fatores e que não contenha nenhum componente de origem animal.

Além desses pontos, deve-se pensar no impacto ambiental gerado pela embalagem, que geralmente é um resíduo não consumível. Dessa forma, deve-se pensar sempre em empregar embalagens sustentáveis, minimizando o impacto no meio ambiente

Dicas para conservar o alimento vegano

Bom, falamos diversas dicas sobre diversos pontos que interferem na validade de um produto vegano. Porém, gostaríamos de frisar algumas coisas:

  1. Falamos sobre o papel dos aditivos, da produção e também das embalagens na conservação dos alimentos. O importante aqui é citar que órgãos governamentais, regulamentam esses fatores, portanto confira se a sua produção está dentro das normas. Algumas entidades regulamentam questões voltadas para a alimentação: o MAPA e a ANVISA.
  1. Uma coisa que pode facilitar a sua conquista dos supermercados é tentar adquirir um selo de qualidade que garanta que seu é totalmente vegano. Diversas empresas concedem essa certificação, entre elas a Associação Brasileira de Veganismo. 

Bom, após toda essa conversa, com certeza você já deve ter uma noção sobre como aumentar a validade do seu alimento vegano. Esperamos que nossas dicas sejam úteis para você implementar na sua indústria. Se você ainda tem uma produção caseira, não deixe de conferir o nosso texto sobre Como Montar uma Indústria.

Por Victor Carneiro

Classifique este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *