fbpx

Conheça os Principais Ativos Cosméticos e Suas Funções

Depoimentos (3)
Tubo cosmético

O mercado de cosméticos no Brasil vem crescendo cada vez mais, e é fundamental que os novos produtos estejam mais próximos das necessidades das pessoas e com resultados eficientes e rápidos. Dessa forma, muitas vezes, os ativos cosméticos são adicionados às fórmulas dos produtos para fornecer algum efeito e/ou benefício desejado, ditando a aceitação deste pelo público.

Por conta disso, a escolha deve ser feita cuidadosamente já que ativos cosméticos são capazes de oferecer ao produto diversas características. Sendo as principais delas a capacidade de hidratação e a ação anti envelhecimento. Além disso, é essencial conhecer as interações que os ativos podem ter entre si e com os outros ingredientes. Dado que, se a escolha não for correta, pode-se observar um efeito adverso, como a diminuição da eficácia do produto.

As grandes inovações na área

Nanotecnologia tem sido bastante utilizada nos ativos cosméticos

Uma das grandes inovações na área é em relação a Nanobiotecnologia, estando relacionada aos processos envolvendo materiais em escala nanométrica. Nesse sentido, pequenas partículas contendo princípios ativos são utilizados, e estas são capazes de penetrar nas camadas mais profundas da pele. Com isso, os efeitos dos produtos são potencializados, tornando-os mais eficazes. Geralmente, esse tipo de tecnologia tem um foco maior em produtos para à pele do rosto e do corpo.

Outra inovação é em relação aos cosméticos que não apresentam adição de água e, ainda mantém a eficiência. Um grande exemplo desse tipo de cosméticos são os séruns faciais e corporais, compostos classificados como concentrados. Nesses tipos de cosméticos, a água é substituída por algum ativo que exerça a mesma função e possua mais propriedades cosméticas e nutritivas. Assim, os compostos apresentam cerca de 99% de ativos, o que proporciona mais benefícios à pele, potencializando a eficácia do produto.

Além dessas inovações, podemos observar que algumas empresas possuem a vontade de diversificar a sua produção e produzir ativos inovadores. Esse é o caso da Amanter, que procurou a Mult para a realização de um Estudo de Viabilidade e Inovação para o desenvolvimento de ativos cosméticos para cabelo e/ou pele com base em café e hibisco. Assim, para conhecer mais a respeito desse case de sucesso basta clicar aqui.

Os principais ativos cosméticos e suas funções

Como foi mencionado, no mercado podemos encontrar vários tipos de ativos que são capazes de proporcionar diferentes efeitos ao produto final. Conheça abaixo alguns dos ativos bastante encontrados em diferentes tipos de cosméticos: 

Ácido Glicólico: O ácido glicólico é comumente utilizado em cosméticos devido a sua função rejuvenescedora. Ele é capaz de atuar removendo células mortas, reduzindo manchas e também acelerando a renovação celular. Como resultado, é possível observar uma pele mais lisa e uniforme. Além do tratamento de peles envelhecidas, ele também possui como função a esfoliação química, o efeito clareador e a redução de acnes.

Ativo cosmético: cera de abelha

Cera de Abelha: A cera de abelha é um ingrediente que pode agregar diversos benefícios para o produto em desenvolvimento. Nos cosméticos para cabelos, por exemplo, a cera de abelha é uma opção de emoliente, ou seja, ela forma uma camada protetora no cabelo, evitando a perda de água. Como consequência, é capaz de hidratar efetivamente os fios, proporcionando maciez e brilho. 

Vitamina C: A vitamina C é um dos mais conhecidos ativos cosméticos, sendo considerada um antioxidante poderoso. Isso se dá, devido a poderosa ação no estímulo à formação de colágeno e elastina, ajudando na minimização de rugas. Ademais, a vitamina C também protege a pele dos danos causados pela radiação solar e possui ação clareadora. No mercado, também há a Vitamina C nanoencapsulada, sendo mantidas as mesmas características, porém de forma mais intensa. 

Ativos cosmético: Óleo de Argan

Óleo de Argan: Os óleos são diversos e muito utilizados em cosméticos para hidratação.OÓleo de Argan, por exemplo, é um tipo de ativo muito popular no mercado de produtos de cabelo. Ele possui substâncias específicas que propiciam uma hidratação e tonificação profunda dos fios, além de auxiliar na regeneração das fibras capilares. Ademais, por ser considerado um ingrediente mais nobre, a presença desse óleo em uma formulação é capaz de gerar bastante valor ao produto.

Agora que você já conhece mais sobre o assunto, saiba qual deve ser o próximo passo

É importante salientar que, existem vários outros tipos de ativos que são capazes de proporcionar outros efeitos para o produto. Dessa forma, é aconselhável saber qual o efeito desejado para o seu tipo de cosméticos antes de escolher o melhor ativo. 

Ademais, é de extrema necessidade que o produtor conheça a quantidade permitida de cada substância. Logo, a empresa deve estar regulamentada e de acordo com as normas da Anvisa. Caso contrário, pode-se obter problemas legais, além de ferir a saúde dos trabalhadores e consumidores.

Outrossim, é importante conhecer os fornecedores de matéria-prima. Uma vez que, a escolha de um bom fornecedor influencia diretamente na qualidade do produto final. Assim, ter esse cuidado garante que a criação e comercialização do produto cosmético seja efetiva.

Por fim, caso tenha alguma dúvida ou necessite de ajuda para saber mais sobre quais componentes fazem mais sentido para o seu produto ou queira saber o que é necessário para a abertura de uma fábrica de cosméticos, entre em contato, nossos consultores estarão sempre dispostos para te atender!

– Luísa de Vasconcellos

Classifique este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *